Classificação das Rochas e Minerais

Conceito de Rocha

Todo e qualquer material sólido da crosta terrestre, constituído de dois ou mais minerais.

As rochas, de acordo com a origem, são classificadas em:

  • Ígneas ou Magmáticas;
  • Sedimentares;
  • Metamórficas.

Rochas Ígneas ou Magmáticas

São originadas diretamente da massa ígnea do interior do globo terrestre, produtos, portanto, da consolidação do magma e da lava por esfriamento.

Tipos de Rochas Ígneas:

  • Plutônicas ou Intrusivas;
  • Vulcânicas ou Extrusivas.

Quando o magma escapa para a superfície, seja por meio de uma erupção vulcânica ou pelas zonas de distanciamento e encontro entre as placas tectônicas, ele passa a ser chamado lava.

Rochas Ígneas – Plutônicas ou Intrusivas

Resultado do resfriamento lento do magma no interior da terra.

Rochas Ígneas – Vulcânicas ou Extrusivas

Consolidadas após a massa ígnea ou lava alcançar a superfície da terra.

Exemplos de Rochas Ígneas Plutônicas ou Intrusivas:

  • Granodiorito;
  • Sienito;
  • Gabro;
  • Granito.

Exemplos de Rochas Ígneas Vulcânicas ou Extrusivas:

  • Diabásio;
  • Obsidiana;
  • Basalto;
  • Andesito.

Granito

Granito

Gabro

Granodiorito

Diabásio

Basalto

Andesito

Rochas Sedimentares

São originadas das rochas ígneas, ou das demais rochas, sujeitas ao processo de erosão.

Uma vez descobertas pela erosão, as rochas ígneas são destruídas e desintegradas pela ação do intemperismo físico e químico.

As partículas desintegradas, chamadas sedimentos, são transportadas pelo vento, a água ou o gelo, geralmente em direção ao mar, e depositadas em outros lugares, formando camadas horizontais ou estratificadas, à semelhança das páginas de um livro

Conceito de Sedimento

Material sólido desagregado, originado da alteração de rochas preexistentes e transportado ou depositado pelo ar, água ou gelo.

Os sedimentos transportados pela água, podem se depositar por decantação ou precipitação química, resultando em diferentes tipos de rochas sedimentares.

Exemplos de Rochas Sedimentares:

  • Arenito;
  • Calcário;
  • Turfa (rocha orgânica);
  • Hulhas (carvão de pedra);
  • Siltito.

Arenito

Sua composição básica é de grãos de quartzo, ocorrendo também minerais acessórios como feldspato, zircão, turmalina, etc.

Calcário

Siltito

Turfa

Hulhas

Características das Rochas Sedimentares

  • Estratificações;
  • Podem conter fósseis;
  • Porosidade e permeabilidade;
  • Reservatórios de água, gás e petróleo.

Estratificação

De acordo com a natureza e a forma do material depositado, as rochas sedimentares são classificadas em:

  • Clásticas ou Detríticas;
  • Químicas;
  • Orogêneas;
  • Piroclásticas.

Rochas Sedimentares Clásticas ou Detríticas

Originadas dos produtos mecânicos da destruição das rochas preexistentes, qualquer que seja a sua natureza.

Rochas Sedimentares Químicas

São originadas da evaporação ou precipitação de minerais em solução nas águas do mar, de lagos ou de rios.

Rochas Sedimentares Orogêneas

Derivadas de detritos orgânicos ou minerais provindos dos organismos vegetais ou animais que existiram em tempos anteriores.

Rochas Sedimentares Piroclásticas

Derivadas de partículas de procedência vulcânica, atiradas para o ar, que se depositam em formações geralmente mal estratificadas.

Rochas Metamórficas

São originadas de rochas ígneas e sedimentares submetidas a condições ambientais diferentes das que lhes deram origem.

O metamorfismo pode ser produzido pelo calor, pressão, movimentos da crosta terrestre, ação química de líquidos e gases no interior da crosta terrestre.

Exemplos de Rochas Metamórficas

  • Ardósia;
  • Gnaisse;
  • Mármore;
  • Quartzito.

Ardósia

Gnaisse

Mármore

Quartzito

Classificação das Rochas de acordo com a sua composição:

Conceito de Mineral

Substância homogênea de composição química específica, produzida por processos inorgânicos naturais.

Minerais se formam pelo processo de cristalização, o qual se dá por meio de um lento ajuntamento dos átomos em forma ordenada.

Muitos minerais apresentam uma estrutura interna definida >> Cristal.

Cristal: É um sólido no qual os constituintes, sejam eles átomos, moléculas ou íons, estão organizados num padrão tridimensional bem definido, que se repete no espaço, formando uma estrutura com uma geometria específica.

Os minerais são classificados de acordo com a sua Composição:

  • Um elemento:
    • Ouro (Au);
    • Prata (Ag);
    • Platina (Pt);
    • Enxofre (S);
    • Ferro (Fe);
    • Etc.
  • Dois ou mais elementos combinados.
    • Sulfetos;
    • Sulfatos;
    • Carbonatos;
    • Fosfatos;
    • Óxidos e Hidróxidos;
    • Etc.

Os minerais são classificados de acordo com a sua Quantidade:

  • Minerais Acessórios:
    • Ocupam menos de 5% do volume de uma rocha.
  • Minerais Essenciais:
    • Aparecem em quantidades iguais ou superiores a 5% do volume de uma rocha.

Minerais Essenciais e Acessórios

Os minerais são classificados de acordo com a Formação:

  • Minerais Primários:
    • Provém diretamente da rocha e constituem as frações areia e silte dos solos;
    • Formam-se na mesma ocasião e condições que a rocha que os contém e que mantém forma e composições originais.
  • Minerais Secundários:
    • Os minerais secundários são aqueles formados pela desintegração e alteração dos minerais primários através do intemperismo;
    • São gerados após a formação das rochas que os contém, geralmente, à custa de outro ou de outros minerais.

Exemplos de Minerais Primários

  • Quartzo;
  • Augita
  • Apatita;
  • Feldspatos;
  • Etc.

Exemplos de Minerais Secundários

  • Caulinita;
  • Hematita;
  • Gibbsita;
  • Montmorilonita;
  • Goethita;
  • Ilita;
  • Etc.

Importância do Minerais Primários

Mostram o grau de evolução pedogenética (idade) dos solos.

Afetam as propriedades físicas e químicas dos solos.

Servem como reserva de nutrientes essenciais para as plantas.

Feldspatos

  • Abundância na crosta terrestre.
  • Fácil intemperização.
  • Fonte de K, Ca e Na.

Augita

  • Mineral abundante, depois dos feldspatos.
  • Fonte de Ca, Mg e Fe.

Olivinas

  • Fonte de Ca, Mg e Fe.

Micas

  • Fontes de K, Fe e Mg.

Apatitas

  • Principais fontes naturais de fósforo para as plantas.
  • Abundantes e fácil intemperização.

Quartzo

  • Mineral muito resistente ao intemperismo, fragmenta-se, mas não se altera quimicamente.
  • Não fornece nutrientes ao solo.
  • Constituinte principal da fração areia do solo.

Deixe um comentário